Mídia

HSMAI Brasil na mídia

Painel debate aplicação da tecnologia na hotelaria

Painel debate aplicação da tecnologia na hotelaria

O primeiro painel da tarde na 4ª Strategy Conference da HSMAI Brasil, evento realizado hoje, 8, em São Paulo (SP), debateu o tema “Onde a tecnologia pode levar a hotelaria?”. Amy Yang Secches, diretora de Vendas da Oracle deu início à apresentação.

A executiva apresentou informações sobre uma pesquisa sobre os hábitos da geração Y. Segundo ela, 90% dessas pessoas no Brasil utilizam smartphone. “Mas, mesmo assim, eles querem encontrar um toque humano quando se hospedam em hotéis”, elucidou. Ainda de acordo com o levantamento, 55% têm interesse em utilizar smartphone ou tablet para pagar contas e 83% usam o wi-fi assim que chegam a um empreendimento hoteleiro.

“Os hotéis reconhecem que precisam investir mais em tecnologias e divulgar mais para os hóspedes as que eles já oferecem. Além disso, é necessário que os funcionários entendam melhor o funcionamento dessas ferramentas”, afirmou Amy.

Uma das demandas dos hóspedes é que os hotéis ofereçam a possibilidade de fazerem solicitações utilizando seus smartphones, de qualquer lugar do empreendimento. “Eu vejo isso como uma tendência para o futuro”, acredita Amy. “As empresas de tecnologia vão cuidar do TI para que o hotel possa focar na experiência. O bombom no quarto já não cativa tanto”, afirma.

Em seguida, Cláudio Cordeiro, diretor de Hospitalidade da Totvs, afirmou que a hotelaria não investe muito em tecnologia. “O hoteleiro gasta 200 mil reais em lençóis, mas não investe R$ 5 mil em uma antena melhor de wifi”, disse.

O setor também tem outras barreiras, como a crença de que o investimento em tecnologia irá atrapalhar o lado humano do atendimento. “Tem gente que pensa: se automatizarmos o serviço não teremos contato com o cliente. Mas é preciso pensar de forma contrária: quanto mais automatizarem, mais vai tempo terão para falar com o hóspede”, afirmou.

Fonte: Revista HotelNews

Jarrett Stidham Jersey